Blog - Conhecendo seu professor: Jurandir Filho CEV Vestibulares

CEV Vestibulares

Blog

Conhecendo seu professor: Jurandir Filho

Ele sempre se viu professor. Apesar das dificuldades que são inerentes à profissão, considera-se feliz diante das recompensas que são obtidas da sua atuação dentro das salas de aula. Natural de Lago da Pedra – MA, e no CEV desde 2009, tendo nascido em 25/10/1969, reconhece a família como pilar da sua vida, sendo um apreciador da simplicidade e de um bom futebolzinho na TV nas horas de folga em companhia dos amigos: Esse é Jurandir Filho, professor de Química do CEV.

Para ele, a docência sempre foi o único caminho quando o assunto dizia respeito à sua vocação, à sua realização profissional: “Ser professor é uma escolha voluntária e consciente. A minha vocação para docência foi consciente, sempre quis ser professor. Isso surgiu da necessidade que sempre tive de compartilhar e debater ensinamentos, informações e ideias”, afirma.

O ato de ensinar se refere sempre a uma “via de mão dupla”. É uma ação honrosa e bonita por meio da qual todos os envolvidos saem ganhando: “O lado bom disso tudo é a troca de vivências, aprendizagem e engrandecimento. Essa é parte da nossa recompensa diária. É parte do que nos impulsiona para a sala de aula. Sabemos que, ao chegar à escola, todos os dias, muitas surpresas nos esperam. O carinho espontâneo do aluno que aprendeu o conteúdo que julgava difícil (por exemplo)”, analisa.

As dificuldades encontradas durante esse percurso de ensinamentos compartilhados e adquiridos, acabam, assim, ficando destinadas a um segundo plano, uma vez que o retorno dado por parte dos aprendentes proporciona um sentido todo especial ao pleno desempenho da profissão: “A vida de um profissional é marcada por vários momentos, e na Educação não é diferente. São muitos os momentos satisfatórios (por exemplo: ao ver ex-alunos felizes, não só profissionalmente, mas, também, seguros de escolhas que fizeram, pessoas que são respeitosas, que opinam e que pensam em si e no outro. Além disso, a satisfação cotidiana, o carinho, os abraços que recebemos... Por essas razões, me sinto realizado na minha profissão. A nossa missão é árdua, porém gratificante”, assegura.

Toda história de sucesso geralmente conta com um início sólido, uma base que orienta todos os passos que serão dados mais adiante, e o professor Jurandir sabe muito bem disso: “A família é a primeira sociedade na qual convivemos e que levamos por toda vida, portanto, base para a formação de qualquer indivíduo. É no convívio familiar que aprendemos a respeitar, a partilhar, a ter compromisso, disciplina e a administrar conflitos. É inegável que cada um carrega um histórico de experiências, aprendizados e lembranças que apresentarão reflexos por toda vida. Por esta razão a minha família é o meu porto seguro”, enaltece, orgulhoso.

Gostou? Pois, nos diga que outras histórias você quer conhecer acerca dos nossos professores! Sua sugestão é muito importante para nós, e, em breve, pode ser concretizada aqui neste espaço!